Print Download PDF Embed

News Release

Amigos da Rio+20 Lançam Novo Modelo para Ajudar os Governos a Alcançar um Desenvolvimento Sustentável

Oliver Cann, Diretor Associado, Departamento de Comunicações: Tel.: +41 22 869 1406; E-mail: oliver.cann5340d231f@16e2e542weforum.org

Inglesa

  • Os Amigos da Rio+20 são uma coalizão de 26 altos-líderes da sociedade civil, científica e empresarial, reunidos pelo Fórum Econômico Mundial.
  • O grupo apela aos líderes governamentais na Rio+20 para agirem no sentido de orientar coalizões de múltiplos agentes de grande escala a auxiliar os governos a alcançar um desenvolvimento sustentável.
  • Para baixar a mensagem dos Amigos de Rio+20, incluindo mais de 30 exemplos práticos de tais coalizões, por favor visite http://wef.ch/rio20.

Rio de Janeiro, Brasil, 20 de junho de 2012 – Os representantes dos Amigos da Rio+20, uma coalizão de líderes globais da sociedade civil, comunidade científica e mundo empresarial, apresentaram ontem uma mensagem conjunta aos Copresidentes da Rio+20, Izabella Teixeira, Ministra do Ambiente do Brasil, e António de Aguiar Patriota, Ministro das Relações Exteriores do Brasil. O grupo apelou aos governos para que tomassem medidas para acelerar a evolução no sentido de um desenvolvimento global sustentável.

A mensagem transmitida aos líderes governamentais reunidos no Rio de Janeiro para a Cimeira Rio+20 requer que os governos realizem duas ações específicas:

-       Que se comprometam em criar economias que coloquem o mundo no caminho de um desenvolvimento sustentável e que desenvolvam um claro conjunto de objetivos ambiciosos, universais e equitativos

-       Que convidem coalizões de múltiplos intervenientes e de múltiplos países de agentes que queiram e possam realizar conjuntos de ações destinadas a ajudar a alcançar essas metas

No âmago da mensagem dos Amigos da Rio+20 está a crença de que, com mais de 900 milhões de pessoas a sofrerem de fome, 1400 milhões sem acesso a eletricidade e água limpa e com a necessidade de criação de 600 milhões de empregos nesta década, a magnitude e a sensibilidade temporal destes desafios requerem que a comunidade internacional adote uma abordagem mais prática e orientada para os resultados do processo organizacional.

A mensagem inventiva explicitamente os governos a mobilizar o apoio de uma maior variedade de parceiros, não em substituição de acordos multilaterais ou de planos nacionais, mas como forma de traduzir suas aspirações em ação suplementar. Aproveitando de um modo mais completo os recursos e conhecimentos disponíveis nas comunidades acadêmica, empresarial e na sociedade civil, as evidências sugerem que a Rio+20 pode deixar um legado duradouro de progresso acelerado do desenvolvimento sustentável.

Comentando sobre o acordo, Josette Sheeran, Vice-Presidente do Fórum Econômico Mundial, afirmou: “Os complexos desafios do nosso tempo exigem soluções novas e arrojadas que unam todos os intervenientes em um propósito comum. Este novo modelo de coalizão de múltiplos intervenientes é fundamental para alcançar objetivos de desenvolvimento sustentável em escala. Essa é a forma mais poderosa de desenvolver e proporcionar um programa de mudanças verdadeiramente transformacional.”

Ministro Patriota, ao receber a mensagem dos Amigos da Rio+20, disse: “O tamanho e a urgência dos desafios do desenvolvimento sustentável no mundo são tão grandes que nenhum governo ou agência internacional por si só pode resolvê-los. Um modelo baseado numa liderança forte dos governos nacionais e internacionais, apoiados por uma variedade de atores, representa a melhor forma de nos apoiarmos com as competências combinadas, a criatividade e os recursos que temos disponíveis ao nos esforçarmos por avançar para as nossas metas.”

“Para criarmos o futuro que queremos, precisamos de verdadeira liderança por parte dos governos. Precisaremos ainda de reconhecer o vasto potencial de ação das coalizões dos engajados - governos nacionais, cidades, empresas e grupos da sociedade civil que estejam prontos para se unirem no sentido de tornar o desenvolvimento sustentável uma realidade," afirmou Jim Leape, Diretor-Geral da WWF International, World Wide Fund for Nature, Suíça.

Notas aos Editores

Utilizadores do Twitter: Por favor, use a hashtag #WEF para todos os tweets sobre o evento Twitter da Rio+20: #friendsofrio



The World Economic Forum is an international institution committed to improving the state of the world through public-private cooperation in the spirit of global citizenship. It engages with business, political, academic and other leaders of society to shape global, regional and industry agendas.

Incorporated as a not-for-profit foundation in 1971 and headquartered in Geneva, Switzerland, the Forum is independent, impartial and not tied to any interests. It cooperates closely with all leading international organizations (www.weforum.org).

Related Issues

Rio+20